MEDITAÇ​ÃO

Meditação Hong So 

A meditação ensinada inicialmente no Kriya Yoga de Yogananda é chamada "Meditação Hong-so". 

Hong-so significa "Eu sou aquele, eu sou Espírito". 

Instruções:

Sente-se em uma posição confortável: você pode ficar no chão com as pernas cruzadas, sobre um cobertor e uma almofada de meditação ou simplesmente sentar-se em uma cadeira.

 

Mantenha as costas retas, o queixo baixo e os ombros abertos e relaxados. O abdômen é relaxado com o abdômen levemente para dentro e para cima. Abra bem o peito e o coração e abra sua mente ao infinito. 

Feche seus olhos e mantenha-os interiorizados, na região central e alta da testa, no ponto entre as sobrancelhas, ou "kutashta", o olho de Krishna e Cristo - imagine como se você quisesse olhar para a parte de trás da cabeça, de modo relaxado e entregando-se ao processo.

Una as mãos no centro do coração e comece a meditação com uma oração inicial, com as tuas palavras, para pedir guia para a sua "sadhana" ou prática espiritual. Invoque os grandes mestres iluminados do Kriya Yoga e/ou os de sua própria tradição ou religião ou simplesmente sinta intensamente a ‘idéia’ mais próxima de seu coração ao que é Deus para você. 

Cante o mantra "OM" se quiser; ou outro mantra ou cantos devocionais de sua preferência.

Em seguida, coloque as mãos sobre os joelhos ou sobre as coxas, com as palmas das mãos viradas para cima. Se você quiser, você pode unir a ponta dos dedos indicadores e polegares em "Gyan Mudra" (gesto de sabedoria). 

Comece a respirar profundamente, do nariz, em um ritmo triangular, isto é, inalando de 7 a 12 vezes (contando 'om' ou a cada batimento cardíaco), mantendo os pulmões cheios de ar, no mesmo tempo, e expirando em ritmo igual.

Você pode fazer isso repetindo o mantra "OM" interiormente, acompanhando a energia que sobe em cada "chakra" ou centro de energia: enquanto o ar entra, repetindo mentalmente 'om' em 'muladhara' (zona do seu cóccix), ' Om 'em' svadhistana '(área sacral),' om 'em' manipura '(região lombar),' om 'em' anahata '(região dorsal),' om 'em' vishuddha '(zona cervical),' om ' na medula oblongata, 'om' em 'ajna' (Terceiro Olho). Mantenha os pulmões cheios de ar, vibrando 7 'oms' interiormente em seu terceiro olho; e depois na expiração, vibrar novamente mentalmente 'om' em cada chakra a partir do terceiro olho - ajna, até muladhara, na base da coluna.

Faça isso por pelo menos 5 a 10 respirações.

Então, relaxe a respiração e comece a repetir 'hong' a cada inspiração natural e espontânea, e o mantra 'so' quando o ar sair naturalmente. Não observe o corpo que respira, mas a própria respiração, de maneira fluida. 

Entregue-se e o processo vai acontecer naturalmente. 

Mantenha seu olhar sempre em "kutashta" ou no olho de Cristo, tentando perceber os poucos milésimos de segundos que existem entre a inspiração e a expiração, mas particularmente entre a expiração e a inspiração, mantendo-se neste estado de liberdade de ausência de respiração ou “kevala kumbhaka”. Perceba esses momentos de Pura consciência quando a respiração quase pára espontaneamente, ou mesmo quando ela pára. 

Estes momentos sagrados aumentam gradualmente, dando-nos um estado de expansão de consciência, paz profunda e liberdade.

Continue esta técnica por pelo menos 5 minutos, e gradualmente aumente até 10, 15, 20 minutos ou, tanto quanto você quiser, confortavelmente.

Depois de sentir a paz mental e silenciosa do Espírito, permaneça nos últimos minutos em uma meditação silenciosa sem sequer repetir o mantra, mas simplesmente ficando no aqui e agora, na observação e imersão em si, em um estado de pura consciência, de puro Ser, de “Turya”.

Sempre termine com uma oração de gratidão às guias e Mestres; e se você quiser, repetindo um "sankalpa" ou propósito Divino (um projeto ou algo que queres desenvolver dentro, interiormente que seja positivo, construtivo e possivel) e finalize também com uma oração para quem mais precisa neste momento; compartilhando sua felicidade com cada ser, e desejando o Bem Maior a todos. Cante pelo menos 3 vezes o mantra 'OM', longo e alto, enviando este Grande Amor.

Mantenha esta sensação maravilhosa de contato com o Divino durante todas as ações quotidianas. 

Diz Yogananda da meditação:

"Graças à meditação, conectamos a pequena alegria da alma com a grande alegria do Espírito. A meditação não deve ser confundida com a concentração normal. A concentração consiste em liberar a atenção das distrações e concentrar-se em qualquer pensamento em que alguém possa ser afetado. A meditação é a forma especial de concentração em que a atenção é libertada da inquietação e se concentra em Deus *. Conseqüentemente, a meditação é a concentração usada para conhecer Deus *."

* Deus, na ciência do yoga, é em tudo o que existe; é a essência de toda a vida. Podemos imaginar esse Ser Elevado que está dentro de nós como preferimos e como sentimos mais próximo de nossos corações. Por exemplo, em um Grande Mestre (que inevitavelmente nos conduzira ao nosso Mestre interior): com forma; ou simplesmente como a Consciência Cósmica Universal: sem forma. Krishna no Bhagavad Gita, promete-nos: "da maneira como você visualiza e sente-me, eu irei até você".

MANTRA E CANTOS DEVOCIONAIS

Mantra significa: "Man" - Mente e "Tra" - "transcender, ir alem, projetar".

Mantra é uma projeção mental, tanto de forma falada a voz alta como mental. Pode ser uma palavra, uma frase, uma sílaba ou um som e eles podem ser recitados, cantados ou repetidos silenciosamente na mente.

 

É uma técnica para calmar a mente e que nos faz focalizar no Verdadeiro Eu, no Eu Superior, no Ser Verdadeiro, no Guru ou em Deus.

É muito importante, o Bhakti (devoção) na prática de yoga e a recitação de mantras e meditação é parte integrante da nossa sadhana do Kriya (prática espiritual Kriya).

Existem muitos mantras e cada um tem sua própria qualidade, ritmo e efeito ... Todo pensamento ou sentimento que temos está  numa freqüência vibratória, e tudo o que é manifesto começa a partir de uma vibração. Então, tudo o que acontece na nossa vida depende de qual vibração temos profundamente dentro.

Ao usar mantras direcionamos a mente numa alta/positiva freqüência vibratória.

Durante milhares de anos, místicos, meditadores e yogis usaram mantras para a transformação mental e espiritual.

Esta prática já é uma forma de meditação em si e nos conduz a uma experiência mais profunda de Pura Consciência e de Felicidade Divina.

Para receber um livreto de mais de 50 mantras 'Prema Kriya Yoga' com tradução, pode escrever a premakriyayoga.it.br@gmail.com 

MEDITATION

Hong So Meditation

The meditation teached initially in Kriya Yoga of Yogananda is called "Meditation Hong-so".

Hong-so means "I am That, I am Spirit".

Instructions:

Sit back in a comfortable position: you can do it on the ground with your legs crossed, getting on a blanket and pillow of meditation or simply sit down on a chair.

 

Keep your back straight, the chin in and the shoulders open and relaxed. The abdomen is relaxed with the lower abdomen slightly inwards and upwards. Open well the chest and the heart and open your mind to infinity.

 

Close your eyes and keep them directed to the inside, in the upper and central region of the front, in the point between the eyebrows, or “kutashta”, the eye of Krishna and Christ – think as if you want to look toward the back of the head, very relaxed and letting yourself go.

Put your hands together in the heart center and start meditation with an initial prayer to ask for guidance to your ‘sadhana’ or spiritual practice. Invoked the great enlightened masters of Kriya Yoga and/or the ones of your own tradition or religion or simply to your closer heart idea of what is God for you.

Sing the mantra “OM '' if you want to; or another mantra or devotional chanting.

Then, place your hands on the knees or thighs close to the basin, with the palms of your hands turning upwards. If you want to, you can unite the tip of both index and thumb together in gyan mudra (gesture of wisdom).

Now, start to breathe deeply, from the nose in a triangular rhythm, i.e.: inhaling of 7 to 12 times (counting ‘om’ or heart beats), maintaining the lungs filled in, the same time, and exhaling in equally pace.

You can do this by repeating the mantra “OM'' interiorly, accompanying the energy that rises in each ‘chakra’ or energy center: while the air enters, mentally repeating ‘om’ in ‘muladhara’ (zone of your coccyx), ‘om’ in ‘svadhistana’ (sacral area), ‘om’ in ‘manipura’ (lumbar region), ‘om’ in ‘anahata’ (dorsal region), ‘om’ in ‘vishuddha’ (cervical zone), ‘om’ in the medulla oblongata, ‘om’ in ‘ajna’ (Third Eye). Keep the lungs filled with air, vibrating  7 ‘om’ interiorly  in your  third eye; and then in the exhalation, vibrate again mentally ‘om’ in each chakra starting from the third eye - ajna, down to muladhara, in the base of the column.

Do it for at least 5 to 10 breaths.

Then, let go of the breath and start to repeat ‘hong’ to each natural and spontaneous inspiration, and the mantra ‘so’ when the air goes out. Do not observe the body that breathes, but the breath itself, in its fluid way.

Let it be and the process should happens naturally.

Keep your gaze always in ‘kutashta’ or Christ eye, trying to perceive those few milliseconds that there are between the inspiration and expiration, but particularly between the expiration and inspiration, in that state of freedom and absence of breath. Perceive these moments of pure consciousness when the breath almost stops spontaneously, or even stops, called “kevala kuumbhaka”.

These sacred moments gradually increase, giving us a state of expansion of consciousness, deep peace and freedom. 

Continue this technique for at least 5 minutes, and gradually increase it up to 10, 15, 20 minutes, or as much as you like, comfortably.

After hearing the mental quiet peace of the Spirit, in the last few minutes in a silent meditation without even repeating the mantra at this point, but simply staying there in the here and now, in the observation and immersion of Itself, in a state of pure consciousness, called turya.

Always finishes with a prayer of gratefulness to the guidance and teachers; and if you like, repeating  a ‘sankalpa’ or a Divine purpose/or project of good will to you and others and a prayer for those who most need at this momento; sharing your bliss with every being, and wishing them their Higher Good. Sing at least 3 times the mantra ‘OM’, long and loud, spreading Love.

Keep this beautiful sensation of Divine conection during all your daily duties. 

Says Yogananda on meditation:

“Thanks to meditation, we connect the small joy of the soul with the great joy of the Spirit. The meditation must not be confused with the ordinary concentration. The concentration consists in releasing the attention from the distractions and focus on any thought in which one could be affected. Meditation is the special form of concentration in which attention is freed by restlessness and focuses on God*. Consequently, meditation is the concentration used for knowing God*.

*God, in the science of yoga is in everything that exists; It is the Essence of all Life. We can imagine this High Being that is within us as we prefer and feel It the way is more close to our hearts: for example, a Great Master (who guides us to our own inner Master): with form; or simply as the Cosmic Consciousness Universal: without form. 

Krishna in the Bhagavad Gita, promises us: ‘the way you visualize and feel Me, I will come to you.’

 

 

 

 

MANTRA AND CHANTING

Mantra means: ‘man’ – Mind and Tra ‘to transcend, to go beyong and to project, or to wave’. 

Mantra is a mind projection either in a spoken (out aloud) or in a mental way. It can be a word, a phrase, a syllable or a sound and they can be recited, sung or repeated silently in the mind.

It’s a technique for calming the mind and making us focus on the Real, Truth Self, the Higher Self, the Truth Being, in the Guru or in God. 

It's really important the Bhakti (devotion) in the yoga practice and mantra and meditation is an integral part of our Kriya sadhana (spiritual practice).

There are many mantras and each one of them has its own quality, rhythm, and effect...Every thought or feeling that we have is on a vibratory frequency, and all that is manifest starts from a vibration. So all that happens in our lifes depends on which vibration we have deeply within.

By using mantras we direct the mind into a high/positive/Divine vibratory frequency. 

For thousands of years, mystics, meditators and yogis have used mantras for mental and spiritual transformation.

Mantra already a form of meditation and takes us into a deeper experience of Pure Consciousness and Bliss itself.

To receive a mantra booklet with more than 50 mantras 'Prema Kriya Yoga' with translation, please write me premakriyayoga.it.br@gmail.com

and we will send it to you.

Show More

Siga

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle